Esta farinha é ótima! Ajuda a Perder peso, previne diabetes, regula o intestino e o colesterol e etc…

Se a berinjela já é uma grande aliada das dietas, imagine só o potencial da farinha obtida a partir do legume. Rica em fibras, a farinha concentra todos os benefícios da berinjela e possui a grande vantagem de poder ser consumida de maneira mais prática e versátil – afinal, você pode encaixá-la em literalmente dezenas de receitas.
Veja então quais são os principais benefícios da farinha de berinjela:

 

– Para Emagrecer:
Farinha de berinjela emagrece? Sim, desde que venha acompanhada de uma dieta equilibrada e que inclua atividade física e um consumo menor de calorias. O emagrecimento pode estar na lista dos benefícios da farinha de berinjela por diferentes motivos: o primeiro é a quantidade de fibras do alimento, que ao entrarem em contato com líquidos no estômago irão se expandir e ajudar o estômago a enviar para o cérebro um sinal de saciedade. Ou seja, você pode se sentir satisfeito com uma quantidade menor de alimentos e calorias. E, segundo a ciência, pessoas que consomem mais fibras apresentam um acúmulo menor de gordura na região abdominal.

– Previne  Diabetes:
Como acabamos de ver, a farinha de berinjela é absorvida de maneira gradual pelo organismo, o que resulta em um melhor controle das taxas de glicose na circulação sanguínea. Na prática, isso significa um menor risco de desenvolvimento de resistência à insulina, a principal causa do diabetes do tipo 2.

– Rica em Antioxidantes:
A cor meio arroxeada da berinjela se deve à presença das antocianinas, flavonoides encontrados na casca e que atuam no combate aos danos causados pelos radicais livres formados pelo envelhecimento, má alimentação, tabagismo e exposição excessiva ao sol e poluentes químicos. Ao evitar os danos nocivos que os radicais livres podem causar à estrutura da células, alguns dos benefícios da farinha de berinjela são proteger o organismo contra inflamações, infecções virais, envelhecimento precoce e câncer. Para obter esses benefícios, no entanto, é essencial que você prepare a farinha com a casca da berinjela.

– Reduz  o Colesterol:
Esta é uma das propriedades mais conhecidas da farinha de berinjela, já que seu consumo está associado a uma diminuição dos níveis de LDL, o colesterol ruim. Além das fibras, que dificultam a absorção do LDL, a berinjela ainda contém ácido clorogênico, um poderoso antioxidante que dificulta a oxidação de LDL.

Pesquisas indicam também que as fibras encontradas na berinjela agem de maneira bastante eficaz nos sais biliares, que por sua vez atuam na reabsorção do colesterol.

– Melhora as funções do intestino:
Todo mundo já sabe que deve consumir fibras todos os dias para manter a saúde do intestino, mas nem sempre é possível ter acesso a verduras e legumes frescos diariamente. Por esse motivo, o consumo de farinha de berinjela pode ser um grande aliado de quem está com dificuldade para consumir as 25-30 g de fibra alimentar recomendadas. Ao chegarem ao intestino, as fibras da farinha de berinjela absorvem água e ajudam a aumentar o bolo fecal, exercendo uma pressão maior na parede do intestino e estimulando o órgão a funcionar de maneira mais eficiente.

– Previne o câncer:
Além de seu papel como antioxidante, o ácido clorogênico também tem forte potencial antimutagênico, o que significa que é capaz de evitar que as células saudáveis se transformem em células cancerígenas. Outro componente antitumoral da farinha de berinjela é a nasunina, um antioxidante encontrado na casca do legume. Segundo um estudo publicado no Journal of Agricultural and Food Chemistry, a nasunina exibe uma atuação anti-angiogênica, o que significa que ela inibe o crescimento de novos vasos sanguíneos e também corta o suplemento de sangue ao tumor.

Veja como fazer>

Ingredientes:

1kg de  Berinjela.

Modo de preparo:

Lave e seque as berinjelas, sem retirar a casca;
Corte-as em fatias bem finas;
Coloque as fatias em uma forma e leve ao forno baixo;
Deixe assar até que estejam bem secas e esfareladas (mas sem estarem queimadas);
Retire as berinjelas do forno, deixe esfriar e triture tudo no liquidificador;
Armazene em um pote bem seco e fechado;
A receita rende 100 g de farinha, que pode ser guardada por até 6 meses.

Como usar:
A farinha caseira de berinjela pode ser adicionada em iogurtes, sucos, sopas, saladas ou onde desejar e assim reduzir o teor de gordura que o organismo absorve.
Ela não tem um sabor forte, possui baixas calorias , podendo ser também adicionada a pratos quentes, como o arroz com feijão.
Obs>> Este site fala de tratamentos naturais alternativos, portanto não substitui um especialista. Visite o seu médico regularmente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*