Essa planta é um presente de Deus! Trata a pele, depressão, ansiedade, dor de ouvido, sintomas da menopausa e muito mais! Veja!

A Erva-de-São-João  é uma planta nativa da Europa, mas que pode ser encontrada em várias partes do mundo, geralmente em beiras de estrada, campos e matas.

Possui flores amarelas, que são usadas junto com as folhas para fazer medicamentos. possui uma grande quantidade de nutrientes essenciais para saúde geral do corpo.

Esta erva é considerada um remédio para todos os transtornos mentais. É usada, principalmente, para o tratamento da Depressão e Ansiedade. Os extratos da Erva-de-São-João contêm hipericina, que é o único composto ativo. Outro constituinte, hiperforina, também funciona como um antidepressivo.

A erva também contém outros componentes como flavonoides, antioxidantes e taninos, que também possuem vários benefícios medicinais. Estes compostos químicos ativos têm um impacto significativo no comportamento físico, hormonal e químico do corpo.

 Até mesmo hoje, ela é usada extensivamente para oferecer alívio à uma série de problemas. Confira abaixo muitos de seus benefícios:

-Bom Para Pele:
Lesões, queimaduras e irritações de pele causadas por pequenos cortes podem ser curadas com a aplicação do óleo da Erva-de-São-João. Os cremes também estão disponíveis para tratar esses problemas, mas os óleos funcionam melhor no oferecimento do alívio, sem deixar uma cicatriz. As propriedades antibacterianas e anti-inflamatórias desta erva trabalham sobre a pele para oferecer algum alívio destas condições irritantes.

– Para Depressão:
Pesquisas e estudos descobriram que a Erva-de-São-João funciona como uma excelente alternativa à base de plantas para os antidepressivos químicos. Ela pode ser usada para tratar a Depressão leve a moderada.Tem menos efeitos colaterais do que muitos outros antidepressivos, e é isso que a torna tão popular em países como os EUA. Mas é importante lembrar que se você está sofrendo de Depressão aguda, é sempre melhor procurar um aconselhamento médico antes da automedicação.

– Controla a Ansiedade:
A ansiedade não é um problema muito comum hoje. Muitas situações podem torná-lo ansioso! Para muitos esta condição pode ser fatal, especialmente para as pessoas com meia-idade e idosos. Alguns estudos indicaram que a Erva-de-São-João pode oferecer alívio à ansiedade. Uma pesquisa ainda está no estágio inicial, embora muitas pessoas já atestam esta habilidade da erva contra Ansiedade.

– Alivia a Dor de Ouvido:
As infecções de ouvido (otite média) que causam dores na orelha podem ser curadas com o uso da Erva-de-São-João. Um estudo envolvendo 100 crianças provou que uma combinação de alho, Erva-de-São-João, Calêndula e mullein pode ser usada como uma solução eficaz para aliviar a dor de ouvido.

– Controla o Tabagismo:
 Um dos usos mais promissores da Erva-de-São-João é que ela pode ser usada para ajudar a cessar o tabagismo.

– Controla o Humor da Menopausa:
É uma cura muito popular para alguns sintomas pré-menstrual e também algumas mudanças de humor na Menopausa. Sua composição química é usada para diminuir os desequilíbrios hormonais em mulheres na Menopausa, reduzindo assim o humor, a gravidade das Cólicas, irritação, Depressão e níveis de Ansiedade.

– Possui Propriedades Antivirais:
Estudos recentes demonstraram que a Erva-de-São-João contém certas propriedades antivirais. Estas atividades recém-descobertas desta erva especial é considerada útil na prevenção e cura da SIDA, Hepatite (A & B) e várias outras condições virais graves.Mas o problema aqui é a dosagem; De acordo com os estudos, é necessária uma dosagem elevada para que as propriedades antivirais funcionem eficazmente, o que pode trazer graves efeitos secundários.

– Equilíbrio Hormonal:
Um nível hormonal desequilibrado pode levar a uma série de problemas de saúde e pele, incluindo Acne,  hipotireoidismo e ganho/perda de peso. Consumir esta erva mágica com moderação pode ajudá-lo a manter as flutuações hormonais sob controle.

– Alivia a Dor Comum:
 As fortes propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes da Erva-de-São-João torna-se uma solução perfeita para dores articulares graves, Gota, bem como espasmos musculares. Sua natureza calmante cura o problema no interior, proporcionando-lhe assim um sentimento melhor em poucos dias. Basta massagear os membros doloridos e as juntas com óleo de Erva-de-São-João, uma ou duas vezes por dia durante duas semanas e sentir o alívio.

– Pressão Arterial:
Consumir as cápsulas de Erva-de-São-João regularmente pôde ajudá-lo. Como explicado anteriormente, esta erva tem fortes propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes, que ajuda a diminuir a inflamação no sistema cardiovascular, diminuindo o Estresse em nosso coração. Isso, por sua vez, ajuda a baixar a Pressão Arterial.

>>Preparo do chá:
Ingredientes: 1 colher (chá) de folhas secas de erva de São João e 500 ml de água filtrada.
Preparo: Leve ao fogo até começar a ferver. Desligue o fogo (antes de ferver), espere esfriar, coe e beba morno. Utiliza-se, em geral, o topo florido da planta para fazer o chá. Pode-se beber de três a quatro xícaras ao dia. Essa infusão é indicada para qualquer dos problemas a serem tratados pela erva.

Obs>> Este site fala de tratamentos naturais alternativos, portanto não substitui um especialista. Visite o seu médico regularmente.