Conheça os muitos benefícios do anis-estrelado

Você sabia que o anis-estrelado já era usado na medicina tradicional chinesa para tratar distúrbios digestivos ?
O anis estrelado, anis estrela ou badiana chinesa (illicium verum) é uma especiaria nativa da China e do Vietnã, e tem sido usado principalmente para reduzir gases produzidos no estômago, para a indigestão, para a diarreia e como
um diurético . Os malaios também o usaram para dores de cabeça e estimular a vitalidade.

Quer saber quais são os usos e benefícios que tem o anis-estrelado?

Propriedades do anis-estrelado

O anis-estrelado, apesar de pertencer a uma família botânica diferente do anis verde ou comum, contém o mesmo princípio ativo, então suas propriedades são semelhantes:

  • Ele promove a expulsão de gases do aparelho digestivo e reduz o inchaço abdominal, a barriga inchada ou a flatulência, bem como ajuda a diminuir as cólicas abdominais produzidas por uma má digestão.
  • Digestivo e eupépticas. O anis ajuda a melhorar a digestão, estimulando as secreções do estômago. Seu consumo é recomendado para pessoas que sofrem de dispepsia hiposecretora e perda de apetite.
  • Estimulantes e diuréticos. O anis-estrelado é um estimulante natural. Isso ajuda a reduzir a retenção de líquidos, o que resulta na remoção de toxinas e líquidos acumulados.
  • Anti-espasmódicos. Suas propriedades anti-espasmódicas  ajudam a tratar a dor causada por cólicas intestinais.
  • O anis-estrelado ajuda a reduzir a tosse persistente, bronquite, eliminar muco do trato digestivo e asma.
  • Funciona para estimular a menstruação.
  • Analgésico. Devido ao anetol e ao cariofileno que contem, é muito útil para aliviar dores ligadas ao reumatismo.
  • O anis-estrelado pode ser usado externamente para tratar infecções na pele, desde que não haja feridas abertas ou irritação da pele.

 

Para que serve o anis-estrelado?

 

O anis estrelado é usado para:

  • Doenças do aparelho digestivo, indigestão, diarreia, fermentação intestinal e gases;
  • Para diminui as náuseas;
  • Para tratar as dores das cólicas intestinais;
  • Para abrir o apetite;
  • Para facilitar a respiração;
  • Para ativar a circulação, tonificando o coração;
  • Para acalmar a tosse;
  • Para aliviar os sintomas do bronquite;
  • Para aliviar os sintomas da asma;
  • Para ajudar no combate das dores reumáticas;
  • Regular a menstruação;
  • Aumentar o desejo sexual;
  • Promover a produção de leite materno.

 

Vantagens do anis-estrelado

O anis-estrelado tem sido usado na forma de chás como remédio contra cólicas e reumatismo , e as sementes são mastigadas após a refeição para ajudar a fazer a digestão.

Além disso, o óleo de anis-estrelado também pode ser usado efetivamente para casos leves de acne e pode ser tóxico para  alguns insetos, o que pode ser útil em casos de pediculose ou sarna.

Efeitos secundários do anis-estrelado

A ingestão de anis-estrelado em quantidades adequadas não contem riscos para saúde, salvo para as pessoas alérgicas.
Mas se ingerida demasiada quantidade de anetol ( que é o princípio ativo dessa planta) por um período muito longo, pode aparecer sintomas que vão desde espasmos musculares, confusão mental e sonolência.

Contra-indicações de anis-estrelado

Os riscos de envenenamento por anis-estrelado aumentam quando utilizados para uso interno sob a forma de óleos essenciais puros. Se forem utilizadas infusões ou pó moído, é muito difícil intoxicar-se, pois a toxicidade é baixa.

É contra – indicado durante a gravidez  e em casos de hiperestrogenismo. Também é não é indicado em muitas ocasiões durante a  amamentação, apesar do fato de favorecer a secreção materna, não pode  ser considerada uma planta segura para o bebê.

As formas de dosagem não devem ser prescritas para crianças com menos de dois anos de idade ou para pessoas em processo de tratamento contra o álcool.

Obs: aqui no Brasil mesmo, ele é facilmente encontrado em qualquer boa loja de produtos naturais.Em estabelecimentos que vendem temperos e especiarias também.

 

Atenção!Todo tratamento, mesmo que natural, deve ser acompanhado por um médico ou até mesmo ditado por este profissional. Algumas substâncias podem ter efeitos nocivos ao organismo de certas pessoas.