9 sintomas pouco conhecidos de leucemia em crianças

A leucemia é uma doença terrível, conhecida popularmente como câncer no sangue, é ocasionada pelo mau funcionamento da medula óssea que produz glóbulos brancos anormais, e que vai se espalhando para células normais do corpo, ocasionando dificuldades para transportar o oxigênio aos tecidos e no controle de hemorragias. Muitas famílias sofrem por seus entes queridos devido a essa doença.

Portanto, é importante identificar de imediato os sintomas e procurar um especialista e assim pode-se atenção médica devida e evitar algo pior.

Como se pode adquirir a leucemia?

Existem alguns fatores de risco, tais como: radioterapia ou quimioterapia causando dano celular, sofrer de um problema genético como síndrome de Down, exposição a agentes tóxicos ou hereditariedade.

Como muitas doenças, a leucemia tem algumas categorias: mieloide aguda (as células anormais aumentam muito rapidamente), mieloide crônica (seu processo é lento, as células alteradas trabalham normalmente), linfocítica aguda e crônica.

Quais são os sintomas poucos conhecidos?

Anemia

É uma doença em que o corpo tem menos glóbulos vermelhos do que o normal. Os glóbulos vermelhos transportam oxigênio para todas as células e a diminuição destes pode causar: cansaço, fadiga, fraqueza, constipação, tonturas, dores de cabeça, pele pálida e até mesmo dificuldade em respirar.

Febre

Ocorre devido à escassez de glóbulos brancos normais. Geralmente, as crianças podem ter infecções difíceis de curar. O principal sintoma de uma infecção é febre.

Contusão e sangramento

As plaquetas no sangue ajudam a interromper o sangramento e sangramento, quando poucas causam hematomas, sangramento nas gengivas ou no nariz.

Dor nos ossos

As crianças queixam-se de dores nas articulações, mesmo em atividades de baixo impacto, como caminhar, agarrar objetos, até sentar-se.

Imagem: Absent Queen

Inflação do abdome

Células anormais podem se acumular no fígado e no baço, fazendo com que o abdômen inche. As costelas inferiores cobrem os órgãos, facilitando a identificação fácil do médico especialista.

Não querer comer

Normalmente as crianças são difíceis de alimentar, pois não gostam de muitos alimentos, no entanto, quando comem em pequenas quantidades sentem-se satisfeitas e com dor, isso acontece porque as células podem estar pressionando órgãos como o estômago. Consequentemente, eles perdem peso rapidamente.

Apresentam também extremo cansaço e fraqueza, devido ao acúmulo de células sanguíneas anormais em certas áreas do corpo, afetando a circulação.

Inflamação em algumas partes do corpo

Os gânglios linfáticos tornam-se inflamados em algumas partes do corpo, como pescoço, axilas, tórax e abdome. Normalmente, eles estão inflamados quando o corpo está lutando contra células anormais ou uma infecção.

As células cancerosas podem bloquear a passagem do sangue, fazendo com que alguns órgãos fiquem inflamados, causando tontura, dores de cabeça, às vezes perda de consciência, convulsões, vômitos frequentes, problemas de equilíbrio e visão.

Dificuldade de respirar

A leucemia pode afetar o tórax, a traqueia e os pulmões, causando dificuldade no transporte de oxigênio para o corpo.

Problemas nas gengivas

Causando sangramento constante e dor nos molares.

Tratamentos

Centros de saúde em cancerologia são adequados para ajudar crianças com leucemia. A quimioterapia é o principal tratamento para crianças de alto risco, junto com um transplante de células-tronco, cirurgias e radioterapias.

Não perder a fé, a sanidade e agir imediatamente pode salvar a vida. Não perca tempo valioso, no caso de detectar esses sintomas, é melhor prevenir do que remediar. Atualmente, há muitos avanços na medicina que salvam a vida de muitos afetados pela leucemia.