Boldo: aliado natural no combate às doenças urinárias

Existem muitas alternativas naturais para combater as doenças urinárias. Elas podem ser encontradas a partir de infusões ou na prática de certos hábitos de profilaxia.

Neste artigo, o recurso para tratar doenças urinárias é o boldo. Ele é bem reconhecido no campo da medicina popular devido às suas múltiplas propriedades curativas.

O boldo é uma planta nativa da região andina. Graças às suas propriedades medicinais, ele tem sido usado como tratamento por um longo tempo pelas culturas nativas da América do Sul.

Seus óleos essenciais, como ascardiol e eucaliptol, assim como seus flavonoides e taninos, permitem sua utilização de várias maneiras. Eles enfatizam suas propriedades digestivas, diuréticas, antioxidantes, sedativas e expectorantes, entre muitas outras.

Benefícios do boldo:

Facilita o funcionamento do sistema digestivo em casos de constipação ou indigestão.

Favorece a expulsão de gases.

Aumenta a secreção de saliva no caso de pessoas que sofrem de boca seca.

Atua como depurativo, promovendo a eliminação de toxinas e protegendo o fígado.

Ajuda na recuperação de luxações e reumatismo.

Estimula a vesícula biliar na expulsão de cálculos biliares.

Por ser um diurético, ajuda a expulsar os fluidos do corpo. Assim, é muito eficaz no tratamento da cistite, nefrite e outros problemas urinários.

Agora, embora o boldo apresente todos esses benefícios, é importante considerar que ele não deve ser ingerido por mais de quatro semanas. Em excesso, o boldo pode começar a causar efeitos colaterais negativos.

Por ser um laxante, não deve ser consumido por pessoas que sofrem de diarreia. Da mesma forma, sua ingestão não é recomendada durante os períodos de gravidez ou lactação, devido ao seu alto conteúdo alcaloide.

As  doenças urinárias são geralmente causadas por infecções nos rins, bexiga, próstata, ureteres ou uretra. Essas condições são o segundo tipo mais comum de infecção na população.

Esses tipos de  doenças urinárias ocorrem quando microrganismos patogênicos entram no trato urinário, seja pela parte inferior do trato urinário ou pelo sangue, e chegam diretamente aos rins. Muitas vezes essas infecções são assintomáticas, por isso é mais difícil diagnosticá-las.

Preste atenção se você apresentar alguns dos seguintes sintomas:

Queimação ou dor ao urinar

Pressão ou dor no baixo-ventre

Febre, cansaço ou tremores

Necessidade frequente de urinar

Urina com mau cheiro ou com uma aparência turva ou escura

Qualquer pessoa pode sofrer de doenças urinárias , embora, em geral, as mulheres sejam mais propensas que os homens.

As chances de contrair infecções urinárias aumentam se a pessoa:

Necessita de equipamento externo para drenar a bexiga.

Sofre de diabetes.

Possui lesões na medula espinhal.

Boldo para combater doenças urinárias

Chã de boldo ajuda a combater as doenças urinárias

Como já mencionamos, o boldo é bem conhecido devido às suas múltiplas propriedades curativas de diferentes condições. No caso de doenças do trato urinário, o chá de boldo pode ser muito útil.

Veja abaixo soluções caseiras para tratar doenças urinárias:

Ingredientes:

2 colheres de chá de folhas boldo (30 g)

1 xícara de água (250 ml)

Como fazer:

Coloque o boldo em uma panela com a água e leve para ferver.

Quando a preparação tiver fervido, retire do fogo para deixá-la descansar e esfriar um pouco.

Recomenda-se beber esta infusão aproximadamente 2 ou 3 vezes por dia, durante uma semana.

Outra opção pode ser usar o chá de boldo como base para outras bebidas com frutas.

Lembre-se de que, embora esta bebida seja um remédio caseiro totalmente natural, a opinião de um médico nunca deve ser negligenciada em qualquer indicação de uma infecção do trato urinário. O especialista é aquele que realmente consegue diagnosticar o quadro clínico após todos os exames laboratoriais terem sido realizados.

Desta forma, o médico poderá então prescrever algum tratamento. No entanto, não deixe de fora os remédios caseiros feitos com plantas como o boldo, pois eles são muito úteis.

Obs: Este site fala de tratamentos naturais alternativos. Portanto, não substitui um especialista. Visite sempre seu médico.