Funcionários do hospital homenageiam pai cujos órgãos salvaram 50 vidas

Se você já perdeu um ente querido de repente, você sabe que é um evento terrível e que muda sua vida drasticamente. Mesmo quando as pessoas ao nosso redor são saudáveis, é impossível prever o que pode acontecer hoje ou amanhã.

Cletus Schnieders faleceu repentinamente, deixando sua esposa e seus entes queridos lamentando sua perda. Mas, como ele era doador de órgãos, um número impressionante de pessoas foram ajudadas depois de sua morte. Sua esposa, Carrie, compartilhou a história de sua morte com o Yahoo News: “Eu estava na outra sala conversando com Cletus, e estava ficando irritada porque ele não estava me respondendo. Quando me aproximei dele, percebi que ele estava sufocando. Então ele desmaiou”.

Cletus foi levado às pressas para o hospital, mas depois de dois dias, ele foi declarado com morte cerebral. Depois que ele faleceu, houve um rápido processo de testes porque ele era um doador de órgãos. Seus órgãos estavam em perfeitas condições de uso. Ele foi tirado do quarto, deixando sua esposa para trás com sua dor. No entanto, ao sair, ela ficou surpresa com as pessoas. Funcionários do hospital, pessoas estranhas e os seus entes queridos, se alinharam no corredor, em um gesto que a Rede de Doadores de Órgãos do LifeCenter chama de “Caminhada da Honra”.

“É chamado uma “caminhada da honra”. Um momento especial quando amigos, familiares e funcionários do hospital lotam os corredores e honram a pessoa como um herói, que escolheu ser doador de órgãos para salvar vidas. Cletus Schnieders deu o presente da vida a mais de 50 pessoas através da doação de órgãos e tecidos. Obrigado à Família Schnieders por compartilhar este momento conosco”.

Carrie compartilhou sua experiência no Facebook:

“Hoje foi o pior dia da minha vida. Meu amado marido foi declarado com morte cerebral por volta das 9:30. Ele era um doador de órgãos. O que tornou este dia ainda mais doloroso, foi saber que meu amor passaria por testes que a equipe médica teria que fazer para usar seus órgãos. Eu sei que devido à sua bravura, ele deu sua vida a muitas pessoas”.

A “Caminhada da Honra” foi tão comovente, vendo todas aquelas pessoas se enfileirando para apoiar Cletus. Eu não sabia até aquele momento, que muitas pessoas se importam com a gente. As enfermeiras disseram que esta é a maior multidão que eles já viram … Cletus é o tipo de homem que eu quero que nossos meninos se tornem e o tipo de homem que eu quero que nossa filha se case …

Que lindo gesto! Uma pequena luz em um momento muito sombrio. Curta e compartilhe com o Cletus!