Homem encontra um estranho “filhote” na sua cama: poucos meses depois ele se torna o mais adorável dos animais

Certo dia, um homem chamado Michael encontrou algo bastante inesperado na sua cama: dois esquilos bebês!

Aparentemente, a mãe dos esquilos tinha feito o ninho no colchão deles, com pauzinhos e pinhos secos, mas não regressou para cuidar deles.

Michael e a mulher, Christina, ainda tentaram procurá-la, mas nem sinais dela. Entretanto, infelizmente um dos bebês não conseguiu sobreviver.

Sensibilizado, o casal decidiu que ia fazer de tudo para salvar o outro bebê, que conquistou o coração deles.

O esquilo era tão pequeno que cabia na casca de uma noz, e Michael e Christina tiveram de pensar em como iam alimentá-lo.

Eventualmente, acabaram se lembrando de dar leite através de uma pequena mamadeira, e com o tempo o esquilo começou a crescer.

O casal acabou adotando o esquilo, que na verdade era fêmea, e deram-lhe o nome de Pollicina.

Já crescida, Pollicina foi reinserida no seu habitat natural, mas depressa se tornou claro que não gostava de estar com outros esquilos nem escalar, saltar ou correr. Aquilo que ela gostava realmente de fazer era estar com os pais adotivos, e por isso decidiu ficar com eles.

Pode parecer estranho alguém ter um animal selvagem, como um esquilo, como animal de estimação, mas o caso de Pollicina é diferente e muito especial.

COMPARTILHE!

Leia mais: Mulher arrasta cão preso numa moto e revolta a população. Veja!