Jogadores de basquetebol interrompem partida depois de verem o público zombando da líder de torcida

Esta é a história de Desiree Andrews, uma jovem líder de torcida com síndrome de Down, que estava apoiando a sua equipe de basquetebol quando alguns membros do público começaram a fazer troça dela.

Ao ver o que estava acontecendo, três dos jogadores resolveram agir: Scooter Terrien, Chase Vasquez e Miles Rodriguez saíram do jogo no meio do mesmo, dirigiram-se ao diretor de desporto e perguntaram se podiam fazer alguma coisa para a plateia parar de intimidar a jovem.

Os jogadores estavam verdadeiramente tristes com a atitude do público, e fizeram questão de defender Desiree. O gesto dos adolescentes não passou despercebido, principalmente a Cliff Andrews, pai da jovem.

Cliff ficou extremamente emocionado, e as lágrimas correram pelo rosto ao mesmo tempo que agradecia aos três jogadores pelo que fizeram.

Segundo o pai de Desiree, foi a conhecida série “Glee” que deu à jovem a coragem necessária para entrar numa equipe de líderes de torcida. Nessa série, havia uma personagem chamada Beck Jackson, que era uma estudante com síndrome de Down que também era líder de torcida na escola.

Os jogadores de basquetebol gostam muito de Desiree, e agora ela cumprimenta a todos antes de cada jogo.

Não há dúvida que o ambiente escolar melhorou desde o lindo gesto dos jogadores, que transmitiram uma mensagem muito importante sobre o bullying e a tolerância.

Todos merecemos respeito, independentemente das nossas limitações, e esta é a prova disso. COMPARTILHE!