Mãe adota menino rejeitado – 28 anos depois, ela tem uma grata surpresa

A senhora Ingeborg McIntosh é conhecida por ajudar meninos e meninas que, por algum motivo, não têm um lar.

Desde que começou a acolhê-los, ela e sua família já deram suporte a mais de 125 crianças.

Mas seu coração bateu mais forte pelo filho Jordan, a quem ela adotou aos quatro anos de idade, depois de lutar muito pelo menino.

Leia também:

Isso porque sua mãe biológica não queria que ele fosse adotado por pais brancos, temendo que a criança sofresse racismo.

Por esse motivo, ele teve de aguardar na fila de adoção, mas foi rejeitado por todas as outras famílias.

Então, quando ninguém mais demonstrou interesse por Jordan, Ingeborg foi finalmente autorizada a adotá-lo.

Duas décadas depois, Ingeborg recebeu uma triste notícia: ela tinha doença renal policística e precisava de um transplante de rim.

Leia mais:

Adivinha quem se dispôs a doá-lo? Isso mesmo, o Jordan!

Assim que descobriu ter o rim compatível para o transplante, ele decidiu agir – sem que sua mãe soubesse.

Ele mal consegue segurar o choro quando fala da sua mãe adotiva:

“Tudo o que ela fez por mim desde que eu era criança, eu só queria retribuir e mostrar a ela o quanto eu a amo”, diz ele.

Veja também:

Apesar de todas as dificuldades, essa história teve um final feliz, graças ao amor entre uma mãe e seu filho.COMPARTILHE!