Mãe perde a vida após dar à luz ao sétimo filho. Durante seu funeral, o bebê termina em mãos improváveis

Esta é a história de Emilie Larter, uma jovem britânica de 22 anos que se tinha licenciado como professora, e decidiu viajar até ao Uganda para prestar serviço voluntário num orfanato.

Emilie conheceu um recém-nascido cuja mãe tinha morrido há pouco tempo, e que não tinha ninguém para cuidar dele.

Assim, o bebê ficou entregue ao orfanato, e Emilie começou a passar muito tempo com ele, dando-lhe o nome de Adam.

A jovem cuidava dele todos os dias, o tempo todo: dava-lhe comida, trocava-lhe as fraldas, tranquilizava-o quando este acordava, brincava com ele.

Apesar de ser professora de escola primária, nunca tinha acompanhado recém-nascidos, e precisou de ligar para a mãe várias vezes em busca de conselhos.

O estresse era muito, mas nem Emilie faria tudo de novo, pois estava verdadeiramente devota a Adam, e a dar-lhe a melhor vida possível.

Isto era difícil, pois o orfanato tinha condições bastante pobres, não havendo água corrente nem eletricidade.

Leia mais: Adolescente com Síndrome de Down ouve gritos – depois, ele pula na água e salva duas meninas se afogando

Emilie ainda prolongou a estadia no Uganda por mais 2 meses, mas sabia que teria de regressar a Inglaterra para a sua formação.

Mas passada uma semana, voltou a deixar Inglaterra rumo ao Uganda, para estar com o pequeno.

Por motivos financeiros, Emilie teve de abandonar o Uganda passados 5 meses, passando o ano que se seguiu trabalhando arduamente para juntar dinheiro e conseguir ter Adam ao seu lado.

Finalmente, conseguiu voltar para o Uganda, onde arranjou trabalho como professora numa escola internacional, tendo mesmo acabado o seu relacionamento pois já não se via sem Adam.

Infelizmente, a jovem perdeu o trabalho por cortes de verba da escola, mas desde que deu a conhecer a sua situação, tem recebido muito apoio e doações.

Emilie já conseguiu arrecadar mais de US$ 35 mil, com o objetivo de adotar o pequeno Adam.

Só falta mesmo ser a mãe oficial de Adam, pois de coração temos a certeza que já é. Que sorte que o pequeno tem por ter alguém tão dedicado a ele, o maior tesouro que realmente podemos ter na vida. COMPARTILHE!

Leia também: Após 30 anos juntos, a esposa de Michael J. Fox revela a verdade de que todos suspeitavam sobre o seu casamento