Óleo de copaíba: o óleo da vida, para que serve e indicações.

Fonte:Reprodução/google

O óleo de copaíba tem uma série de propriedades medicinais. Após décadas de uso como remédio popular, o óleo de sabor amargo agora tem respaldo científico. Pesquisas têm demonstrado que o bálsamo da copaíba serve para reduzir processos inflamatórios, melhorar a saúde da pele e até mesmo levantar o astral. Mas esses não são os únicos benefícios. Confira todos eles logo abaixo.

Tratar problemas de pele, como eczema, psoríase e dermatite; Hidratar a pele; Esterilizar e desinfeccionar tecidos lesionados; Acelerar a cicatrização de ferimentos; Reduzir a oleosidade da pele; Auxiliar na expectoração e diminuir acessos de tosse; Estimular a função dos rins; Reduzir a pressão arterial; Combater o estresse e acalmar a mente; Diminuir dores causadas por doenças reumáticas; Tratar infecções do trato urinário e também estimular a cicatrização das úlceras estomacais.

Outros benefícios: Pode prevenir o câncer: De acordo com estudos realizados por pesquisadores da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), o óleo de copaíba apresenta compostos que podem ser eficazes no combate a nove diferentes tipos de tumores, entre eles os de pulmão, pele, mama, próstata e rins. Além da atividade anticancerígena, cientistas já encontraram também evidência dos benefícios no tratamento do vírus HIV e da leishmaniose.

Auxilia o Tratamento de doenças respiratórias: A utilização do óleo como expectorante relaxa os músculos expiratórios – envolvidos na respiração e desobstrui os alvéolos pulmonares, clareando os canais respiratórios. Desse modo, auxilia no tratamento da asma, bronquite, pneumonia, sinusite, rinite e pigarros.

Acalma a mente: Por ação do betacariofileno, há benefícios do óleo de copaíba através de propriedades calmantes ao sistema nervoso. Bastante utilizado na aromaterapia, o óleo reduz a ansiedade e ajuda a evitar oscilações de humor.

Age como anti-inflamatório e bactericida natural: Essa é uma das propriedades do óleo de copaíba mais buscadas por quem faz uso tópico do produto. Pesquisas demonstraram que o óleo extraído da copaibeira tem um alto teor de betacariofileno, um composto químico encontrado também no orégano, pimenta do reino, alecrim, manjericão. Entre outras funções, a substância serve para modular a resposta inflamatória do organismo e bloquear a ação nociva de agentes patogênicos. Isso significa que há benefícios do óleo de copaíba para tratar problemas como gripes comuns, resfriados, cistite, hemorroidas, dores musculares, herpes, micose e úlceras. 

Melhora a saúde da pele: Graças ao seu potencial anti-inflamatório e bactericida, o óleo não apenas nutre o tecido como também ajuda a curar condições como pé de atleta, picadas de insetos, erupções, dermatites, feridas, eczema, entre outros. Massageado com um algodão diretamente sobre o rosto, o óleo de copaíba ajuda a hidratar profundamente a pele, suavizando as rugas e marcas de expressão. Serve também para melhorar o aspecto irregular da pele com estrias ou celulite, pois estimula a síntese de colágeno. Para o tratamento de problemas da pele ou cicatrização de ferimentos, recomenda-se aplicar algumas gotas do óleo de copaíba 3 ou 4 vezes ao dia sobre a área afetada.

Como usar: No caso específico das dores causadas pelas doenças reumáticas, o óleo deverá ser levemente amornado antes de ser massageado sobre a articulação inflamada. O uso oral do produto deverá ser feito apenas sob orientação médica, pois em excesso pode causar intoxicação. E mesmo com liberação do médico, a utilização precisa prosseguir de maneira bastante gradual, a fim de evitar possíveis reações.

Obs: Pela sua natureza oleosa, a seiva de copaíba pode acelerar os movimentos intestinais, causando desconforto estomacal e diarreia. Outros possíveis efeitos colaterais: Vômito; Erupções na pele; Alergia. Também é contraindicado para gestantes e lactantes. Este site fala de tratamentos naturais alternativos. Portanto, não substitui um especialista. Visite o seu médico  regularmente. de tratamentos naturais alternativos. Portanto, não substitui um especialista. Visite .

Este site fala de tratamentos naturais alternativos. Portanto, não substitui um especialista. Visite o seu