Professora demitida por dar zero a alunos que não entregaram o trabalho de casa – agora, a sua nota de despedida viralizou

No passado, todos os estudantes tinham de fazer os trabalhos de casa, mas atualmente tem-se debatido bastante se estes apresentam mesmo, benefícios ou não.

Enquanto uns acham injusto dar trabalho extra às crianças depois das aulas, outros consideram isso uma forma de disciplinar e ampliar a educação deles.

Leia mais: Mulher casa com um homem deficiente. Mas durante o casamento ela vivencia a surpresa da sua vida

Apesar do debate, não foi tomada nenhuma decisão que impossibilita-se os professores de mandar trabalhos para casa. Entretanto, uma professora da Flórida, chamada Diana Tirado, foi demitida por dar zero às crianças que não realizaram os trabalhos de casa.

Ensinar é um chamado para mim”, diz a professora que começou a dar aulas no West Gate no mês passado.

Muitos alunos não entregaram o trabalho de casa que a docente pediu, e ela não aprovou a atitudes delas. Contudo, a escola tem uma “política do zero”, incluída no manual do aluno e dos pais, e segundo a escola, Diana tinha que dar 50% da nota aos alunos que não tinham feito nada.

Como não estava de acordo com isso e não achava justo para com os alunos que tinham realizado o trabalho de casa, a professora atribuiu zero aos que não cumpriram, o que resultou na sua demissão no dia 14 de setembro.

Ela nem sequer teve direito a uma explicação, e no último dia na escola, escreveu a seguinte mensagem para os estudantes, no quadro:

Adeus, crianças.

A Professora Tirado gosta de vocês e deseja o melhor na vida!

Fui demitida por me recusar a dar 50% da nota para aqueles que entregaram nenhum trabalho.”

Depois de tornar a sua história conhecida no Facebook, milhares de pessoas mostraram-se indignadas com a situação e apoiaram a professora.

O que achou da demissão da professora? Se achou a história comovente  então, COMPARTILHE!

Leia também: Casal abre a casa para 6 crianças adotivas. Semanas depois, elas falam uma palavra que muda a vida deles para sempre

Fonte:en.newsner.com