Conheça os sinais que indicam a presença de Vermes no corpo e o que fazer para acabar com eles

Sintomas que indicam a presença de Vermes – Tipos e Como Tratar. Hoje vamos falar dos sintomas e como tratar as
doenças parasitárias tão comuns em vários países que têm más condições de vida, como acontece em várias regiões no Brasil.

As estatísticas crescem cada vez mais em relação aos números de pessoas infectadas por doenças parasitárias.

Diversos seres podem parasitar o organismo humano, causando prejuízos consideráveis à saúde ou até mesmo ocasionando a morte. As doenças parasitárias humanas são, entre outras, aquelas provocadas por vírus, bactérias, protozoários e vermes.

Vamos conhecer 12 sintomas que indicam a presença de Vermes – Tipos e Como Tratar ,Veja abaixo:

Quais os tipos de doenças causadas por vermes?

As doenças causadas por vermes são genericamente chamadas de verminoses, caracterizadas por uma infecção intestinal provocada por parasitas, normalmente endoparasitas, que habitam o interior do organismo hospedeiro. As verminoses podem afetar adultos e crianças, independente de idade, sexo e de todas as classes sociais, gerando graves prejuízos à saúde do paciente, que pode ir a óbito.

Os principais vermes que infestam o organismo humano pertencem aos filos de vermes platelmintos (vermes achatados) e nematelmintos (vermes cilíndricos). Estes animais são caracterizados por ter o corpo fino e alongado, podendo ser parasitas de seres humanos e alguns de outros animais, provocando doenças. A principal forma de contaminação é pela ingestão dos parasitas, geralmente através da água, alimentos e carne contaminados, que não receberam o devido tratamento.

As maiores causas das doenças parasitárias são a falta de saneamento básico e a falta de orientação sobre os cuidados que deveriam ser tomados para a prevenção, que acontecem principalmente em grupos de baixa renda que vivem em condições precárias. Algumas destas doenças são transmitidas através da entrada do parasita por via cutânea e outras, por meio da picada de vetores específicos, como é o caso da filariose.

Os vermes do grupo dos platelmintos são importantes vetores de patologias, representando em torno de 10% de infectados na população. Eles causam diversas doenças como a esquistossomose, a teníase e a cisticercose. Os platelmintos são vermes pertencentes ao reino Animalia e podem transmitir doenças graves – a mais grave delas é a esquistossomose, que mata centenas de milhares de pessoas por ano em todo o mundo.

Os tipos de verminoses mais comuns são a ascaridíase (que também é bastante conhecida como lombriga), a teníase (muito conhecida como solitária), a ancilostomíase (chamada também de amarelão), a oxiuríase, a tricuríase, a esquistossomose, a giardíase, a estrongiloidíase, entre muitos outros tipos. Existem alguns sintomas de vermes que são comuns a várias verminoses, mas existem alguns também mais específicos para cada caso.

Quais os sintomas de vermes mais comuns?

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), 3,5 bilhões de pessoas estão infectadas com algum tipo de parasita ao redor do mundo. As verminoses podem gerar diversos sintomas e, na presença de um ou mais deles, é importante buscar a orientação de um profissional da saúde para a realização do diagnóstico.

Conheça, a seguir, 12 sintomas de vermes mais encontrados nos diferentes casos de verminose são os seguintes:

Problemas para dormir:

As verminoses podem causar sintomas de distúrbios do sono, gerando quadros de insônia em muitos casos, sono agitado e aumentando o cansaço durante o dia em função da falta de descanso.

Surgimento de problemas de pele:

Muitas das verminoses podem apresentar sintomas de problemas de pele, surgindo úlceras, lesões papulosas, pele seca, eczema, urticária, erupções cutâneas, entre muitos outros.

Foto: Reprodução/Google

Presença de anemia:

Um dos sintomas de vermes mais comuns é a anemia, que é causada pela deficiência de ferro no organismo. Isso acontece porque alguns parasitas se alimentam dos glóbulos vermelhos do sangue, gerando um quadro de anemia muitas vezes severo.

Fome exagerada:

Um dos sintomas de vermes mais presentes é a fome exagerada e intensa. Muitos parasitas consomem os alimentos que foram ingeridos no organismo, causando um aumento da fome e a falta de controle do apetite.

Perda de peso:

Com o aumento da sensação de fome, os parasitas passam a consumir os alimentos dentro do hospedeiro, que passa a não receber alimentos suficientes e pode apresentar quadros de perda de peso.

Problemas de desnutrição:

A absorção inadequada de nutrientes gerada pelos parasitas causa um quadro grave de desnutrição no paciente, que passa a ter diversos outros sintomas em função disto e também pode ter seu sistema imunológico comprometido.

Presença de cansaço e fraqueza:

O quadro de desnutrição pode gerar sintomas de apatia, moleza, fraqueza e cansaço frequentes, pois o paciente passa a não ter uma alimentação correta. Além disso, quando o paciente apresenta dificuldades para dormir bem, o corpo passa a ficar mais cansado durante o dia.

Dores abdominais e inchaço:

Estes também são sintomas de vermes bastante comuns, pois muitos parasitas causam danos na mucosa intestinal, provocando dores e inchaço no local.

Diarreia e vômito:

Diarreia e vômito são outros sintomas de vermes bastante comuns que são causados pela presença dos parasitas no intestino. Em função disto, o paciente pode apresentar um quadro de desidratação grave na fase aguda da doença.

Alterações de humor:

O paciente pode apresentar alterações de humor, ansiedade, problemas de nervosismo, falta de concentração, perda de memória, entre muitos outros sintomas.

Dores musculares e nas articulações:

As dores nas articulações, dormência nos pés e nas mãos, dor no umbigo, dor no tórax e em muitas outras regiões do corpo também são muito comuns e estão presentes como sintomas de vermes em muitos casos.

Problemas reprodutivos:

Outro sintoma bastante comum nas verminoses é a presença de problemas reprodutivos como problemas menstruais, fortes sintomas de tensão pré-menstrual, problemas de próstata, retenção de líquido, infecções no trato urinário, cistos, miomas, entre muitos outros.

Como tratar o problema de vermes?

Para realizar o diagnóstico, o método mais eficaz é o exame de fezes, que ajuda muito na determinação da presença de parasitas no corpo e principalmente do tipo de verme causador da doença. Um exame de sangue também pode ser necessário para avaliar a extensão do problema. Algumas destas verminoses são facilmente tratadas, mas outras requerem tratamentos mais complexos para resolver o problema.

Em geral, são utilizados medicamentos antiparasitários específicos para o parasita em questão. A prevenção, porém, é sempre a melhor forma de proteger a saúde contra os vermes. As principais medidas de prevenção envolvem a higiene adequada dos locais de uso comum, como banheiros e áreas de refeição, lavar bem as mãos, beber água filtrada ou fervida, andar sempre calçado, comer apenas carne bem passada, lavar adequadamente os alimentos, comer apenas em locais limpos e realizar exames periódicos para verificar um possível problema.