Touro rasteja tristemente depois de quebrar as patas traseiras em festival espanhol

Infelizmente, algumas culturas na Espanha seguem celebrando suas festividades com cruéis práticas, usadas em favor da “tradição”. Entre elas podemos destacar, as corridas de touros que levam sofrimento ao animal.

As imagens chocantes foram divulgadas pelo Partido Animalista Contra el Maltrato Animal (PACMA),que através de sua conta no Twitter relatou um novo caso de abuso de animais.

O PACMA, tem se caracterizado por se manter firme e em constante na luta para que as comemorações das touradas sejam completamente banidas e substituídas por outros costumes.

Os responsáveis pela comemoração abriram a gaveta em que o animal estava e, imediatamente após a partida, ele quebrou as pernas.

No vídeo relatado pelo PACMA, você pode ver como o touro tenta andar, mas a dor é muito grande e ele é incapaz de mover as patas traseiras.

O pobre animal se esforça para caminhar, mas não consegue. Os que assistiam a cena não fizeram nenhum esforço para ajudá-lo.

O PCMA criticou este tipo de abuso, encorajando a sociedade a assinar uma petição para a aprovação de uma lei de proteção animal, chamada Lei ZERO, que atualmente tem mais de 200.000 assinaturas, mas ainda há um longo caminho a percorrer.

Há menos de um mês, o PACMA foi às ruas, conseguindo reunir milhares de pessoas para pedir o fim das touradas.

O Partido Animalista quer acabar com este tipo de “diversão”. Recentemente. o PCMA, disse no Twitter: “Chega de crueldade!” Esse gesto levou muitas pessoas importantes a darem apoio à causa, como é o caso do cantor Xuso Jones. Esperamos que essa Lei seja aprovada e que venha dar um basta, nessa “diversão” cruel!

Leia também: Casal abre a casa para 6 crianças adotivas. Semanas depois, elas falam uma palavra que muda a vida deles para sempre

Fonte: www.teimporta.com